Exposições

Todas as mulheres que habitam em mim Acrlico s.tela 148x120 cm 2019

26 de JANEIRO a 26 de MAIO

O Repouso no Coração do Lume

No modo de organização do espaço pictórico da Pintora Conceição Mendes, conflituam duas forças: a tranquilidade, o intervalo, o lazer, o descanso, o repouso que nos chegam pelo rigor do desenho e pela delimitação de superfícies e, por outro lado, a tensão, a preocupação, a expetativa, o alvoroço, a iminência que ocorrem na própria organização do quadro, o que se oculta das figuras que vemos e o que permanece fora de campo.
Na pintura de Conceição Mendes encontramos o lume no repouso. O modo de a expressão não ser contraditória é perceber em que condições e com que consequências o lume pode ser o próprio modo de ser das coisas, o próprio modo de ser da pintura: encerrar a pintura na sua própria lógica e dar-lhe uma tranquilidade demarcada do mundo, através dos processos próprios da pintura, mas encarregar a pintura de transportar nesses seus meios próprios, as cores, as formas e os espaços, o fogo que ainda não crepita mas que o pintor, vulcanólogo subtil, já é capaz de figurar.

António Pedro Pita

Horário:

De segunda a quinta-feira: 9h00 às 23h00

Sexta-feira: 9h00 às 24h00

Sábados: 10h00 às 24h00

Domingos e Feriados: 10h00 às 19h00

Dias de espetáculo: até ao final do espetáculo

 

cae rodap

Gentes do Mar

 

  Rui Campos low

2 de FEVEREIRO a 31 de MARÇO

 

Homenageie-se a mulher. Homenageie-se a mulher da Figueira da Foz.
A homenagem mais honesta e justa que se pode fazer à condição feminina parece ser retratá-Ia no seu quotidiano, de forma anónima e sem qualquer tipo de comparação. Simplesmente a mulher, no seu dia a dia, metida consigo mesma, como ela é, anónima e aleatória. Homenageie-se a mulher propondo que se imaginem os espaços que ela ocupa sem a sua existência.
Homenageie-se a mulher por via da "perspetiva masculina". Todos os seres humanos avaliam seus semelhantes, independentemente de género. Homenageie-se a mulher, confrontando o homem com os seus próprios estereótipos em relação a ela.
Toda a Mulher é Uma Artista na medida em que toda a mulher é um engenhoso mediador da vida e dos consequentes conflitos naturais do seu desenrolar.
Homenageie-se, pois a mulher. Deixando de fora as contas, os números, as estatísticas e os termos de comparação. Homenageie-se e pronto! E aplaudamos todos de pé!

Rui Campos

Sala Afonso Cruz | Entrada livre

cae rodap

 20190409 153156 web 

5 de ABRIL a 5 de MAIO

Para dar boas-vindas à estação mais colorida no ano, a exposição reúne trabalhos impregnados das perceções quotidianas dos seus autores.
Entre pintura, fotografia, cerâmica e escultura, estão em exibição obras de arte realizadas por associados da Magenta - Associação dos Artistas pela Arte.
Não perca a oportunidade de visitar esta mostra de arte contemporânea, que permitirá despertar os seus sentimentos mais profundos e abrir a sua mente para novas perceções.

Sala Zé Penicheiro | Entrada livre

 

 
instagram png instagram logo site

cmffpb